Equipe RKC vence Endurance 5 Horas de Kart Interlagos

Alberto Otazú, Fábio Cunha, Fábio PL, Fernando Ximenez, Ivan Guerra, Nelson Reple, Samer Ghosn, Vivi Gola pilotaram os karts da equipe RKC Kart

A equipe RKC 1 venceu no último fim de semana (18/8) o 3º Endurance 5 Horas de Kart Interlagos, realizado no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo (SP) e transmitida ao vivo pelo Kart Amador SP. Os pilotos do Campeonato RKC Rental Kart receberam a bandeirada da vitória depois de 253 voltas e foram os únicos a colocar dois karts entre os seis primeiros colocados.

“Nossa vitória foi merecida, com a qualidade dos pilotos que tive a disposição ficou fácil o meu trabalho. Fiquei feliz com o primeiro lugar e tenho que agradecer demais ao empenho de todo o nosso elenco”, comemorou Marcelo Yoshida, chefe de equipe do RKC.

Os karts RKC 1 e RKC 3 largaram respectivamente da terceira e quarta posições e assumiram a liderança pela primeira vez com 50 minutos. Após isto, os times ficaram flutuando entre os primeiros colocados até assumirem definitivamente a ponta na hora final, usando uma ousada estratégia e pilotos extremamente rápidos e constantes. A formação foi composta por Alberto Otazú, Fábio Cunha, Fábio PL, Fernando Ximenez, Ivan Guerra, Nelson Reple, Samer Ghosn e Vivi Gola.

“Fico muito feliz de ter ajudado o time RKC a ganhar esse Endurance tão importante. A equipe toda está de parabéns. Felizmente fiz a minha parte sem erros e consegui fazer a melhor volta nos dois karts que andei. Além disso, é a minha primeira vitória com essa turma tão competitiva. Só tenho o que agradecer à família RKC”, comentou Alberto Otazú, piloto responsável por receber a bandeirada de vitória.

Na primeira etapa do certame 5 Horas de Kart Interlagos o RKC terminou na quarta posição e na segunda largou da pole position e recebeu a bandeirada em segundo. Desta vez largou com dois karts entre os quatro primeiros e terminou com a vitória e sexta posição entre os 51 times participantes.

As dez primeiras equipes no 3º Endurance 5 Horas de Kart Interlagos foram: 1) RKC 1, 253 voltas; 2) Karteiros 2, a 55s421; 3) Monsters Kart THR 1, a 56s721; 4) F-Kart 1 Endurance, a 1min02s385; 5) GPK Team 3, a 1 volta; 6) RKC 3, a 1 volta; 7) Karteiros 5, a 1 volta; 8) Karteiros 1, a 2 voltas; 9) Karteiros 7, a 2 voltas; 10) GPK Team 2, a 2 voltas.

Assista o VT da Prova

 

Texto: Alberto Otazú / Mastermidia
Foto: Emerson Santos/One Photography Media

 

Visite www.rkcracing.com.br

Curta www.facebook.com/pg/RKC-Racing-Rotary-Club-Sp-Ponte-Estaiada

Curta www.instagram.com/rkckart

Visite www.rotaryspponteestaiada.com

Campeonato Marcas e Pilotos será atração no Kartódromo de Interlagos

Competição de Rental Kart é considerado um dos principais eventos do kartismo brasileiro

O Kartismo Rental brasileiro terá uma competição eletrizante no lendário Kartódromo de Interlagos, no dia 15 de setembro de 2018. Na segunda edição do Marcas e Pilotos, 150 kartistas disputarão grandes prêmios. O vencedor ganhará um curso de pilotagem da Alpie Escola de Pilotagem com certificação da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), além de assegurar um lugar no grid na última etapa do Campeonato Marcas e Pilotos Paulista 2018, no Autódromo de Interlagos, com todas as despesas pagas.

Para o segundo e terceiro colocados a premiação será uma participação especial na categoria Pro 500 no Kartódromo Granja Viana, também com todas as despesas pagas. No total, serão distribuídos o equivalente a mais de 40 mil reais em prêmios.

Na primeira fase da competição, os kartistas serão divididos em grupos e terão a oportunidade de disputar quatro baterias com duração de 15 minutos cada. Na sequência, os 50 melhores classificados serão divididos em duas baterias semifinais, e os 24 melhores serão os finalistas.

“Será um dia espetacular para o kartismo brasileiro.  Além de promover um evento para toda a família, a proposta é manter nosso trabalho para revelar novos talentos para o esporte a motor brasileiro”, destacou Marcos Takuma, promotor do evento. Corra para garantir sua vaga no Grid, pois restam poucas.

Inscreva-se e garanta sua vaga clicando neste link https://bit.ly/2KQNmyQ

O Campeonato Marcas e Pilotos Rental Kart é promovido pelo Grupo FKR com apoio da Sparco, Jundiá Sorvetes, Wet’n Wild, Óculos HB, Pilotech, PontoOne Viagens, Escola Alpie, Caruncho & Pimenta Advogados Associados, HQ Softwares, ACKA, Kart Amador SP e LEAG – Local Expert Agency Group.

Para mais informações acesse o site!
http://www.marcasepilotosbrasil.com.br/

Três campeões do Brasileiro de Kart são pilotos de kart amador e seis estão entre os 10 primeiros – O kartismo amador merece respeito!

O 53º Campeonato Brasileiro de Kart profissional ficará marcado para o kartismo amador. Três pilotos vindos do rental kart foram campeões e  estão entre os seis  que  ficaram entre os 10 primeiro colocados no Brasileiro de Kart.

Na primeira fase do campeonato, Kleber Barcellos, piloto do clube de kart amador Karteiros foi campeão com uma vitória fenomenal largando na última colocação depois de uma problema na pré final. Frederico Capraro, o Fredy, piloto do clube de kart amador CPKA ficou na quarta colocação, Guilherme de Bellis  também do clube Karteiros foi o décimo colocado e  Alex Grigoletto, piloto do clube de kart amador AMIKA foi campeão na F4 Sênior.

Na segunda fase do campeonato, o piloto Johnny Silva, também do clube de kart amador Karteiros dominou todo o fim de semana da competição e venceu a F4 Super Sênior, Paulo Sant´Anna, piloto do clube de kart amador THR ficou na sexta colocação da mesma categoria e de novo Fredy Capraro da CPKA foi para o pódio, dessa vez, na terceira colocação da categoria Novatos.

Isso mostra, sem sombra de dúvida, que o kartismo amador, como disse o Emerson Fittipaldi em entrevista ao Rubinho Barrichello, é a melhor escola para se formar um piloto. Diversos pilotos de kart amador, espalhados pelo Brasil e que sonham com o kartismo profissional, puderam comprovar nesses dois finais de semana que o rental kart é sim uma porta de entrada (e das melhores) para o mundo do kartismo profissional.

O 53º Campeonato Brasileiro de Kart veio para mostrar que pilotos de kart amador são bons, são muito bons, são campeões!

Parabéns ao Kleber Barcellos, Johnny Silva, Alex Grigoletto, Guilherme de Bellis, Fredy Capraro e Paulo Sant´Anna pelas conquistas nesse campeonato.

Obrigado por levarem o kartismo amador, esporte que amamos, a uma exposição tão maciça e que o kartismo amador (que de amador só tem o nome) continue trazendo pilotos excelentes, competitivos, surpreendendo os mais incrédulos profissionais.

Vida longa ao kartismo amador!

 

Em Tempo

Olha só que interessante! Após a publicação dessa matéria, foram nos enviadas algumas mensagens dizendo ter mais pilotos atuantes no kart amador e que estavam entre os 10 primeiros na categoria que participaram além de um piloto de 2017 que também era do kart amador na época e foi campeão do 52º Brasileiro de Kart no Kartódromo Beto Carrero em 2017. São eles

Hélio Bianchi, André Martinho e Cesar Santos que estavam nesse Brasileiro e o piloto Bene Spengler em 2017 foi campeão em 2017 da Super Sênior

Helio Bianchi, também piloto do clube Karteiros participou da categoria Super Sênior Master na segunda fase do campeonato. Mesmo já tendo um quadro de kart, Helio comprou um novo para melhorar a performance na competição e não conseguiu se adaptar ao novo quadro. O piloto então optou por voltar ao quadro antigo e mesmo diante de toda essa tensão, ainda conseguiu ficar em sétimo na categoria.

José Spengler Neto, o Benê, que é de Santa Catarina, correu todo o Brasileiro de 2017 com equipamento de segurança emprestado por alguns pilotos do clube que ele corria, a RA Racing. Após a vitória no Brasileiro os pilotos do clube que ele iniciou, fizeram uma vaquinha e deram um capacete de presente ao piloto.

Essa são histórias do Indoor, ou kart amador, ou rental kart, lugar onde talentos estão surgindo, progredindo e nos enchendo de orgulho!

Texto: Wellington Silva / Kart Amador SP
Imagem: Reprodução Facebook

Ryan Nishioka lidera cinco categorias e faz maratona de kart durante o fim de semana

O jovem piloto Ryan Nishioka tem feito bonito nos campeonatos por onde passa, mostrando resistência e perícia nas pistas do interior e grande São Paulo. No sábado andou no Kartódromo de Nova Odessa no Campeonato King Kart onde corre 2 categorias a Open e a Hard, conquistando 2 vitórias liderando assim as duas Categorias do Campeonato e no domingo não teve descanso. Foi para São Paulo no kartódromo de Interlagos para mais uma etapa do campeonato CCSKA ,onde participa da categoria Elite. Chegou na segunda colocação e fez a melhor volta da prova. Devido a uma punição do vencedor da prova, Ryan herdou a primeira colocação desta etapa mantendo assim a liderança do campeonato. Também ainda encarou no mesmo dia um mini endurance onde corre em dupla com o Piloto Gustavo Ariel. Na segunda perna o jovem Ryan entrou na pista em quarto lugar e garantiu a segunda colocação para a equipe mantendo também a liderança do campeonato.

Sendo assim Ryan Nishioka, piloto de apenas 15 anos, que corre atualmente pela Fkart, está até o momento liderando cinco categorias em diferentes campeonatos.

Vamos aguardar os próximos resultados, acompanhando de perto esse talentoso piloto!

24 horas de rental kart: Três edições, três vitórias da Car Racing Americanet e a hegemonia continua

Foi realizado nesse fim de semana (7 e 8/07) as 24 horas de rental kart. Com largada ao meio dia, 55 pilotos estiveram no lendário Kartódromo de Interlagos para a competição.

O evento contou esse ano com uma estrutura de boxes fornecida pelo Itamar, piloto da equipe LR Preparações, onde os pilotos puderam acompanhar a transmissão ao vivo realizada pelo Kart Amador SP e os tempos da prova por meio do telão e das TV´s espalhadas a cada dois boxes.

A transmissão ao vivo teve como comentarista/locutor o divertido e experiente Carlos Sato que participou da primeira e da terceira parte da transmissão e ainda contou com a participação de Renato Rainha, narrador de futebol pela Band News  e locutor pela Nativa FM que ficou impressionado com a estrutura do evento.

A Car Racing Americanet largou na quarta colocação e se mantiveram sempre entre os 10 primeiros durante toda a prova. Após 24 horas e 1 minuto de prova e mais de 1100 voltas, a equipe venceu com apenas 16 segundos de vantagem para a Karteiros, segunda colocada na prova. A Monster Kart ficou em terceiro, Tartarugas Racing Team na quarta colocação, Engelmann 77 em quinto e a C.A. Kart, com apenas um kart, conseguiu a sexta colocação.

“Dos 3 anos de evento, esse foi o mais difícil pra conseguirmos a vitória. Depois da segunda bandeira vermelha tivemos que cumprir na relargada 2m54s no box feita pela direção de prova para cumprir os 4 minutos da parada que estávamos fazendo no momento da bandeira vermelha. Além disso tivemos quebra de motor enquanto liderávamos.

 Mesmo com todos os transtornos enfrentados pela equipe, conseguimos chegar na frente com uma margem apertada de apenas 16 segundos.

Com 5 anos de existência, a Car Racing Americanet tem um desempenho excelente com três títulos nas 500 milhas de rental kart, um título das 500 milhas de kart profissional e conseguindo vencer consecutivamente as três edições das 24 horas, uma das mais difíceis provas do rental kart.

Fico muito feliz com o desempenho da equipe, com pilotos competentes e que mesmo sob adversidades, junto com a direção de equipe, conseguem se adequar pra conseguir se manter na frente e trazer mais um título importante pra casa.” Declarou Leandro Reis, chefe da Equipe Car Racing Americanet.

Conversamos também com Johnny Silva, chefe  da equipe Karteiros que nos disse o seguinte:

“O que dizer das terceira edição das 24 horas de rental kart. Foram 3 edições e tri a campeonato da Car Racing com o Karteiros em terceiro na primeira edição e segundo na segunda e terceira edições da prova.

Nós nos planejamos por pelo menos 30 dias somente focado na prova e na vitória. Queríamos muito ser campeões e nunca vi o time lutando tanto quanto lutamos dessa vez pra tentar vencer todas as equipes. Na parte final da prova nós vimos que os principais adversários passaram a ser a Monster Kart e a Car Racing.

Depois de um determinado ponto nós sabíamos que se pegássemos um Parolin bom, nós venceríamos, se pegássemos um Parolin mediano nós teríamos o fim de provaseria daqueles espetaculares onde ninguém sabia quem ia vencer e se pegasse um Parolin ruim, que foi o que aconteceu, a chance de vencer seria muito pequena.

Pegamos um Parolin ruim, não conseguimos tirar as voltas necessárias pra passar a Car Racing e começamos a ter que lutar com o kart Mini mesmo. Viemos volta a volta tirando tempo ate que chegou uma hora que nessa tentativa alucinada  de tentar ter um kart de apoio pra empurrar, acabamos estourando o número de paradas e acabei ficando sozinho na pista e mesmo assim conseguíamos ser mais rápidos que os karts da Car Racing  em meio seguindo, um segundo, oito décimos mesmo eles se empurrando na pista. Volta a volta conseguíamos tirar tempo, até que chegou uma hora que vimos que não daria mais pra vencer a não ser que acontecesse uma quebra com eles.

Foi muito gratificante, estou feliz demais com a equipe do Karteiros porque é um time que está com um equilíbrio muito grande e lutamos demais, foi muito bom. Até a equipe Car reacing reconheceu isso tanto que recebemos os parabéns de vários pilotos da equipe dizendo que demos trabalho e isso mostra que o objetivo foi atingido, que era dar trabalho. Acho que para a próxima prova temos que corrigir alguns erros que acabaram fazendo com que a vitória escapasse pelas mãos. Agora é ir pra próxima. Vamos focar nas provas de  5 horas de  Interlagos e de 6 horas da KGV depois o compromisso das 500 milhas.

Eu agradeço demais a toda a equipe, a todos que torceram, a todos que foram lá acompanhar e que nos apoiou e lutou e trabalhou de maneira incondicional. Estão todos de parabéns pois foram guerreiros demais. Um grande beijo pra todos!”

A transmissão ao vivo contou com o patrocínio dos clubes de kart THR, Karteiros, Copa Huayra e Kartaholics além da Fruit and you.

Não assistiu ou quer rever as três transmissões feitas pelo Kart Amador SP?

Confira nos links abaixo

Texto: Wellington Silva
Imagem de destaque: Facebook – Peterson Nakamura (Car Racing Americanet)

Quer correr as 500 milhas de kart profissional? Então essa matéria é pra você!

A AMIKA, maior entidade do kart amador brasileiro e o site Grande Prêmio, o maior portal de automobilismo da América Latina, vão te dar uma vaga nas equipes GP Stratum CoinBR que irão disputar as 500 milhas de kart profissionais no Kartódromo Granja Viana, um dos maiores e mais importantes eventos do kartismo mundial, com a presença de pilotos profissionais de diversas categorias como Fórmula 1, Stock Car e Fórmula Indy.

Para participar é muito simples: basta ser associado AMIKA e estar em atividade nos campeonatos mensais da entidade e assinar o excelente conteúdo do Grande Prêmio optando pelo plano “AMIKA SEMESTRAL”. No fim do ano vamos sortear um de nossos associados para participar dessa grande emoção.

Aproveite que as inscrições para o nosso segundo turno estão com desconto de 50% e junte o útil ao agradável: corra de kart na AMIKA com todas as vantagens e benefícios que a entidade oferece, assine o Grande Prêmio, obtenha descontos e vantagens incríveis e ainda concorra a uma vaga nas 500 milhas de kart profissional.

Quem já é associado AMIKA, basta apenas assinar o plano “AMIKA SEMESTRAL” do prtal Grande Prêmio que estará concorrendo a vaga.

Opções de inscrição AMIKA:
Inscrição AMIKA operação capital: https://www.amika.com.br/inscricoes.html
Inscrição AMIKA operação Campinas e região: http://clubekartbrasil.com.br/inscricao.php
Inscrição AMIKA operação Birigui Speed Park: https://www.amika.com.br/speedpark/copa-inscreve.html

Assinar portal Grande Prêmio (PLANO SEMESTRAL AMIKA): https://grandepremium.grandepremio.com.br/assine

Regulamento da promoção: http://victormartins.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Regulamento-Promo%C3%A7%C3%A3o-Amika-e-GP-KGV-500.pdf

Tá esperando o quê? Participe e usufrua da maior premiação do rental kart brasileiro e acelere com a número 1 do Brasil.

Em fim de semana agitado, Ryan Nishioka, o jovem talento se destaca nas competições

No último fim de semana o jovem Ryan Nishioka de apenas 15 anos enfrentou uma maratona de campeonatos, testando suas habilidades e resistência.

Sábado logo pela manhão piloto participou do Endurance de 6hrs Copa São Paulo realizado pela KGV, competindo pela equipe f-Kart e terminando a prova em uma excelente segunda colocação. Saindo da KGV, foi direto para Aldeia da Serra participar do Campeonato CCSKA onde na categoria Elite fez a Pole e garantiu a vitória de ponta a ponta, conseguindo a liderança momentânea do campeonato na sua categoria e mais tarde teve o Mini Endurance onde seu parceiro não pode comparecer e teve de correr sozinho. Por causa de duas trocas de kart, Ryan largou na última colocação e fazendo uma bela prova, inspirado pelos resultados anteriores, conseguiu cruzar a linha de chegada na terceira posição, garantindo a vice liderança para a dupla no campeonato. Como se não fosse o suficiente o incansável jovem piloto não parou por aí. No domingo foi participar na Granja do campeonato F-kart onde faz parte dos novos talentos. Ryan fez a Pole e garantiu outra Vitória para encerrar o excelente fim de semana de competições.

O Kart Amador vem acompanhando a evolução gradativa do jovem competidor. Damos os parabéns ao piloto com os belos resultados e continuamos acompanhando de perto a evolução que vem chamando a atenção.

Copa Kart dos Camaradas realizou sua quarta etapa cheia de estratégias

No último Domingo dia 06/05 a Copa Kart dos Camaradas realizou no Kartódromo Granja Viana a 4º Etapa da sua 11º Edição, uma etapa com rodada dupla onde prevalece a estratégia.

A primeira corrida com tomada de tempo de 5 minutos para formação do grid e corrida de 20 minutos, e a segunda corrida o grid é formado pela inversão dos 10 primeiros e do 11º em diante pela ordem de chegada da corrida anterior, porém, todos os pilotos são obrigados a fazer uma parada no box de 3 minutos com troca de Kart, em qual bateria parar? O piloto decide.

O Grid da primeira corrida foi formado pela milagrosa e primeira pole do piloto Cesar Fernandes com o tempo de 56.515, em segundo o Vice-Líder do campeonato com 56 pontos o piloto Nilton Aparecido com o tempo de 56.535, em terceiro  o campeão de 2017 e atual o líder do campeonato com 63 pontos o piloto Michel Franco com o tempo de 56.577 e em quarto o terceiro colocado do campeonato com 55 pontos o piloto Ezio Clambor com o tempo de 56.765, completaram o grid ainda na casa dos 56 segundos os pilotos Paulo Cagnacci com o tempo de 56.888 e Cassio Antonio com 56.949.

A corrida se desenhava para uma disputa entre os ponteiros do campeonato com o Cesar de intruso, mas já na primeira curva o Nilton toma a ponta, seguido pelo Cesar, Michel e Ezio, sem os quatros brigarem pelas posições nas primeiras voltas conseguiram abrir em relação aos demais piltoos que estavam brigando por posições, o Michel ultrapassou o Cesar na terceira volta conquistando segunda posição e saiu a caça do Nilton que estava tranquilo de cara para o vento, o Ezio ganhou a terceira posição na 10º volta, deixando o Cesar com a quarta posição, sem disputa entre os quatro terminam a prova nessas posições com o Nilton a 2s a frente do Michel, que terminou com 5s a frente do Ezio e o Cesar à 0.31s atrás do Ezio.

No entanto os pilotos que vinham da quinta posição para trás começam a decidir se iriam fazer a parada obrigatória na primeira corrida, qual estratégia adotar?; O piloto José Rogério que largou em 13º tomou a decisão de não parar na primeira corrida, foi ganhando posições e na décima volta que era o limite para o fechamento do box pulou para a quinta posição, trazendo junto o piloto Wesley Santana que largou em 12º e também com a mesma estratégia de não parar fechou pódio desta corrida na sexta posição, e ainda teve o piloto Ricardo Gonzaga que também não parou na primeira corrida chegando em sétimo, todos os outros pilotos fizeram a parada obrigatória na primeira corrida.

A segunda corrida com Grid invertido dos dez primeiros da corrida anterior, a primeira posição ficou com o piloto Victor Fernandes, que estava em quinto na primeira corrida mas decidiu fazer a parada e conseguiu ainda manter a 10º posição para ter o privilégio de largar na ponta, em segundo Paulo Cagnacci e em terceiro Cassio Antonio, os únicos três entre os dez primeiros que já tinham feito a parada obrigatória com troca de kart, sendo assim, a 11ª posição, já garantia virtualmente a quarta posição.

O piloto Victor Fernandes, o piloto mais jovem a vencer nos 11 anos de Copa Kart dos Camaradas, largou de cara para o vento e garantiu a vitória, da segunda posição para trás houve uma intensa troca de posições nas primeiras voltas, como os pilotos que ainda não tinham feito a parada obrigatória na primeira corrida decidiram parar nas 6 primeiras voltas a corrida se desenhou para a vitória tranquila do Victor Fernandes, e em segundo o Cassio Antonio que sofreu um intensa perseguição do piloto André Novaes que ficou com a terceira posição chegando à apenas 0.26s atrás do Cassio e tendo largado em 14º, Alexandre Penna chegou em quarto tendo largado em 12º, Paulo Cagnacci largou em segundo e garantiu a quinta posição fechando o grid com Abel Vieira em sexto que tinha largado em 13º.

Uma corrida movimentada, cada piloto fazendo a sua estratégia, buscando a vitória, dividindo curva, disputando posições, com respeito e amizade que é o que se busca nesses 11 anos de Copa Kart dos Camaradas.

O Piloto Victor Francisco foi quem mais somou pontos considerando as duas corridas, foram 42 pontos conquistados, seguido do Cassio Antonio e Nilton Aparecido que somaram  40 pontos cada,  e a equipe que mais somou pontos foi a equipe formada pelos pilotos Cassio, Novaes, Cesar, Fernando, Mazza e Ezio que somaram 116 pontos saindo da quarta e penúltima posição para a segunda posição no campeonato por equipes com 286 pontos, atrás da esquipe dos pilotos Michel, X-King, Sgarbi, Amil e Beto com 304 pontos.

Com isso o campeonato de pilotos ficou mais acirrado, que traz Michel Franco em primeiro com 112 pontos, seguido de perto pelo Nilton Aparecido com 110 pontos, Victor Fernandes com 96 pontos, Ezio Clambor com 90 pontos e Abel Vieira com 88 pontos.

A Quinta Etapa será no dia 10/06 as 15:00hs no Kartódromo San Marino em Paulínia.

 

Texto: Cesar Fernandes
Imagem: Rodrigo Dark Side

3ª etapa do KAFU Paulista em Interlagos foi de tirar o fôlego

No ultimo dia 22/04 em Interlagos foi disputado a 3º do campeonato itinerante mais dificil de São Paulo. Titulo está em aberto nas duas categorias.

CATEGORIA PESADOS – A categoria pesados do KAFU tem se demostrado ser uma das mais dificeis da temporada. E isso se confirmou em Interlagos. Com bela preparação dos karts para o KAFU, interlagos entregou uma etapa de muita emoção.
E emoção que começou cedo com a pole de Thiago Martins (PDC Racing) e Everson Nishioka largando em segundo. Mas na largada quem se aproveitou e bem foi Felipe Gaviolli, que não demorou para assumir a ponta com Nihioka em segundo.
Coube a tarefa mais ingrata a Thiago Martins que durante toda a prova ficou em terceiro mas literalmente comandando um verdeiro trem de pilotos : Wendell Martinho, Andre Bueno, Everton, Rafael Santini, Jonathan Magalhães e Jorge Luiz que ficaram grudados na corrida. Gaviolli vence com Everson o segundo. Thiago que estava em terceiro na penultima volta, teve corrida comprometida ao se enroscar com Bueno e Jonathan na curva do sol. Melhor para Everton que atrás, fez um traçado diferente e fez uma ultrapassagem tripla e comemorando o terceiro lugar de olho no titulo.  Bueno conseguiu ser o quarto, Thiago o quinto, Wendell o sexto seguido de Jonathan, Santini e Jorge Luiz.
Ainda completaram a prova : Amilton numa boa 10º posição, Zanacchi, Marco Aurelio, Giuseppe Melo, Bruno Augusto, Andreo Pizani (irreconhecível em 15º), Drapella, Paulo Maso e Marcelo Ramasco – que teve uma roda quebrada e certamente vai ter que se desdobrar na proxima etapa, Granja Viana, sua casa.

André Bueno (foto acima) atrás de Wendell Martinho da LC Export Racing (kart 22): liderança ameaçada na pesados após a vitória de Felipe Gaviolli (foto abaixo)

PRINCIPAL 1 : Paulo Rogerio Cardoso (o Alemão) e Eduardo Favilla foram os principais protagonistas na segunda bateria do dia.
Favilla o pole e Alemão se alternaram na corrida após a largada. Abriram um quarteirão de distancia para o terceiro colocado Rafael Cossi, que teve que suar muito para segurar a posição à frente de Raphael Correa e Mauricio Pereira (multicampeão brasileiro). Destaque também para a otima corrida de Alessandro de Freitas que herdou a 5º posição pelo fato de pereira ser convidado. Chegaram mais atrás : João Rosatelli da PDC Racing que foi o porteiro do Enen na bateria. Trancou tudo até a bandeirada final em sexto à frente de Nicolai Krogh, Rodrigo Amarante, Renato Souza, Bruno Bertolo, Rogerio Kurihara, Roberto Lobo (outro irreconhecivel em 12º), Lucas Santos, Fabiano da Matta, Luiz Carlos Hill, Fernando Baraban e … Ryan Nishioka. O japones estava na 3º posição, ali, no cangote dos lideres quanto o motor de seu kart o deixou na mão. Certamente será o descarte do piloto da UXF.

No pódio da principal 1 a felicidade de Eduardo Favilla líder empatado com Andre Magno

Equilíbrio total nas baterias de Interlagos . Na foto : Krogh, Rosatelli, Bertolo, Renato e Amarante   ​

PRINCIPAL 2: E não demorou muito para a equipe subir no podio na ultima bateria do dia.Stefano Paladino e Caio Teixeira tinham a tarefa de encarar o campeão do ano passado Haron Passarelli, Gustavo Matedi (campeão Mundial), André Magno e Marcelo Tutiya. E começou bem. Mattedi o pole, largou na frente e levou com ele Stefano que parecia determinado a conseguir um bom resultado.
A tarefa mais árdua teve Marcelo Tutiya (equipe CKC)que segurou como pode Magno, Caio, Haron e Ricardo Zanatta. A briga no segundo pelotão coube a Douglas Michilino da Equipe Z.19 que segurava como podia Roberto Tesuo, Fabio Binho (piloto convidado e diretor do Kart For Friends, correndo pela primeira vez no KAFU). Atrás dele Fabio Nogueira, Joel Neto (que largou dos boxes devido a problemas em seu kart e chegou em 12º lugar!!!!), Leandro Baraban bastante competitivo, Tulio xavier, Everaldo Tozzi, Maquiel Soares, Sidnei Silva, Nil Margato e Digo Feltrin.
Mattedi vence com Stefano em 2º, com karts de vantagens sobre um valente Tutiya, Andre Magno e Caio Teixeira.

Proxima etapa será no kartodromo da Granja Vianna, dia 10/06.
Organização do KAFU promete uma bela etapa com um troféu a la Copa do Mundo e muitos convidados em um traçado que vai exigir demais dos pilotos que estão fazendo do KAFU – o melhor campeonato itinerante pelo 2º ano consecutivo.
Até lá.

Largada da Principal 2: Vitória de Gustavo Mattedi (32) e uma bela corrida de Steffano  Paladini (29) em segundo.

Da esquerda para direita: Magno (um dos lideres), Paladini (bela corrida ), Mattedi (primeira vitória no kafu), Marcelo Tutiya (primeiro pódio do KAFU) e Caio Teixeira (sempre ali comendo pelas beiradas)

Matéria: Palica Lives

Fotos: Felipe Gaviolli e João Rosatelli

Cesar Augusto vence terceira etapa da Copa Stratum

O Kartista conquistou no último dia 28, mais uma vitória em sua carreira. Cesar triunfou com tranquilidade, abrindo 12s do pelotão que vinha logo atrás. “É demais, porque faz oito corridas entre os campeonatos que disputo que não pego um carrinho em condições de brigar. Na primeira corrida, peguei um médio com uma embreagem que começou a piorar e fui ficando pra trás. Esse não, ele tava excelente em todos os quesitos, consegui, enfim, comemorar muito”, contou.

A próxima etapa da Copa Stratum acontece em 19 de maio, no kartódromo da Granja Viana. Confira a classificação final da terceira etapa. Os cinco melhores. Este evento tem apoio da Associação de Amigos do Kart Amador – AMIKA.

1 – Cesar Augusto – 35 pontos
2 – Márcio Simão – 32 pontos
3 – Elisson Gandolfo – 30 pontos
4 – Gustavo Ariel – 28 pontos
5 – André Mansano – 26 pontos
6 – Guilherme Negrão – 24 pontos

*Com informações do site Grande Prêmio*

Crédito da Foto: Rodrigo Berton / Grande Prêmio